sábado, 28 de março de 2009

Trabalhos Fabiana Lorentz




Meu trabalho como artista plástica reflete resultados de pesquisas realizadas ao longo da minha formação individual e acadêmica. Brincando com formas, linhas, cores, espaços e movimentos, surgem desenhos e pinturas. Sinto que faço isso sem entender; e este não entender ultrapassa fronteiras tornando o trabalho mais completo.

O desenvolvimento desse projeto artístico abre espaço para uma pintura liberta, com possibilidades inesgotáveis de expressão e entendimento.

Uma das características marcantes nas pinturas é a apropriação do “acaso” e sua tradução em linguagem gráfica e pictórica. Como foi dito por Voltaire:
“O acaso não é, não pode ser, senão a causa ignorada de um efeito desconhecido”.
Podemos considerar que esses “acasos” são resultantes da expressão da essência sagrada que habita em nós. Sendo assim, aproprio-me do que é meu por direito e faço dessa a minha oferenda para a humanidade.

A proposta do meu processo de trabalho é transformar inconsciência em consciência, transitoriedade em permanência, personalidade em simplicidade e razão em intuição, despertando nos espectadores os mais diversos sentimentos e sensações.